Morar Juntas · Um Ponto de Convergência

Cor de Marte (AnaVitória)

“Me fita
Que eu gosto de me enxergar
Por dentro do teu olho
É tão bonito de lá
Tem cor de Marte
E teletransporte
Pra galáxia que mora em você

Me passeia
Que eu gosto de arrepiar
Sob suas digitais
É impossível calar
É feito sorte
Me abraça forte
E tateia todo meu caminho

Me prova
Me enxerga
Me sinta
Me cheira
E se deixa em mim
Me escuta no pé do ouvido
Todos teus sentidos
Que afetam os meus
Que querem te ter
Que tu me escreveu
E mais uma vez

Me beija
Que eu gosto da tua textura
Do teu gosto frutado
Sorriso colado
O compasso acertado
O ritmo acelerado
Encaixado no meu

(Refrão)

Encontro lar
No perfume da tua nuca
Na curva do teu ombro
E no teu respirar
Nas tuas pernas
Nas mãos
Teu cabelo
E no cheiro do beijo
Que faz tu grudar

Me prova
Me enxerga
Me sinta
Me cheira
E se deixa em mim
Me escuta no pé do ouvido
Todos teus sentidos
Que afetam os meus
Que querem te ter
Que tu me escreveu
E mais uma vez…

Me bordou

(AnaVitória)

Anúncios

Um comentário em “Cor de Marte (AnaVitória)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s