Amor · EU · Sem categoria

Sua…

Ela me beija.

E seu beijo me desconcerta e desconserta de uma maneira que fico alvoraçada.

Beijando sua boca com a fome e a urgência de alguém que não se alimenta há dias… meu corpo está faminto. Sinto seus toques leves, sinto a ponta de seus dedos a me tocar – o corpo estremesse e com a mesma delicadeza ela tira minha blusa. Curiosa e cheia de vontade repito o gesto. Agora também posso ver seu  seu colo e imagino o que verei por trás do sutiã, meu olhar é atraído por suas curvas, tão belas e delicadas. Jamais imaginei sentir a vontade que hoje sinto, acredito que há um certo magnetismo que une meus olhos a seus seios.

Estou hipnotizada… é, o feitiço virou mesmo contra o feiticeiro. Paralisada, fico sem saber o que fazer, ela então me ataca o pescoço e eu cedo, me derreto, me arrepio. O corpo inteiro responde a suas carícias tão deliciosas. Aperta meu corpo e estremeço. A alça do meu sutiã desliza pelo ombro, caindo, e eu nem percebo, pois minha atenção está voltada para seus lábios ágeis e sua língua que desenha um desenho abstrato sob minha pele. Meus seios estão vulneráveis, assim como meu corpo inteiro vulnerável está. Ela envolve seus braços em mim num abraço e aproveita para libertar-me do sutiã. A boca desce até meus seios e uma sequência de arrepios me invade

Estou em transe quando sinto novamente sua boca na minha. Suas gentis mãos entrelaçam os fios do meu cabelo, nem me importo mais se bagunçado ele está, sinto-me trêmula. Uma mistura de desejo, medo, tesão, curiosidade, tudo junto. Minha pele não sente mais o limite do teu corpo pro meu, somos um só corpo, abraçado, colado, unificado, conectado…

Nossos olhos se encontram e por um instante conversam através desse breve olhar. Enquanto os seus preocupados me pedem permissão, os meus suplicantes querem que continue. Sem tirar seu olhar do meu, ela desabotoa minha calça e deslizando-a vai me despindo, ao mesmo tempo que a roupa desce por minhas pernas, sua boca desce por meu corpo, passando por minhas curvas, descobrindo os caminhos através do meu quadril. Fecho os olhos e apenas sinto, desejando que este momento seja eterno. Devagar sua boca chega até meu umbigo, o coração, latejante, reflete na pele o seu pulsar.

Ela me olha, mas eu não consigo retribuir o olhar, mas posso sentir o calor dos seus olhos mirando-me. Na expectativa de que sua boca avance pelo caminho que trilhou, minha respiração pára. Ela, provocante, passa para minha coxa. Retomo a respiração, agora mais ofegante, sinto “cócegas” quando seus lábios molhados tocam minha pele, enquanto suas mãos largando a calça no chão, passam a apalpar minha bunda. Um desejo misto de “pare e prossiga” automaticamente tomam conta do meu instinto e eu já não domino mais meu corpo.

Suas mãos navegam pelo meu quadril, descobrindo a textura da minha calcinha, e mesmo com essa camada de renda impedindo-me de sentir o calor da sua pele, seus dedos me provocam inúmeras sensações. O canto de sua boca se move num leve sorriso. Sim, ela é malvada e quer me ver implorar.

Seus lábios sobem beijando minha barriga, sem a menor pressa. Buscando cada canto do meu corpo encontrando os pontos fracos, me abraçando, me envolvendo…..
Estou rendida na cama, sob seu domínio.
E seus dedos me exploram, posso sentí-los desvendar meu corpo, da superfície ao interior. Explorando, tocando, mais fundo, mais fundo… eu peço em pensamento e suas mãos me ouvem e movem-se a cada pedido meu: te sinto dentro de mim…

Um calor sobe por minhas vértebras, invade minhas articulações e agora eu não sinto mais meu peso, meu corpo está leve, flutuo sobre os lençóis, sinto como se pudesse voar…

Não vejo mais nada, apenas sinto o coração batendo tão rápido que tenho a impressão de que ele vai sair pela minha boca. Te sinto sobre mim, também ofegante, sentindo o prazer que tomou conta de mim.

“Preciso reagir”, preciso arrancar suas calças e te ver por inteira.

Preciso te fazer sentir todo o prazer que também senti.

Agora sou sua, mas também te quero pra mim…

https://mysimpledesire.wordpress.com/2014/04/25/sua/

Há UM ANO… entrega…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s